Notícias

Home/Patricia Figueiredo/Arte Abstrata o que é ?

Arte Abstrata o que é ?

O tema de hoje é conhecido por todos nós.

 

Quem nunca ouviu  falar sobre arte abstrata?

Mas afinal o que é a arte abstrata?

O termo abstrato vem do verbo abstrair, que significa tirar algo de alguma coisa ou então separar algo de algum elemento. Isto significa que o ato de abstrair é a capacidade de se colocar um pensamento de lado. Desta maneira, a partir de vários objetos azuis abstraímos ou tiramos a ideia de azul, assim como de vários elementos circulares abstraímos o conceito de círculo e do bom comportamento que temos obtemos a ideia da bondade. Como definição artística, a arte abstrata é um movimento das artes plásticas que tem como característica mais marcante a representação das formas de maneira não real onde a representação das imagens é distanciada da realidade. A forma e a representação da realidade são menos importantes do que os sentimentos causados pela obra, que permite ao espectador diversas interpretações e emoções. Outra característica da arte abstrata é a liberdade, tanto para o artista quanto para o público, que podem apreciar e interpretar a obra, sem compromissos com a realidade. O movimento é considerado uma forma de oposição em relação aos movimentos da vanguarda europeia, principalmente ao realismo, tanto na pintura como na escultura e na gravura. Surgiu na Europa no século XIX e o pintor russo Wassily Kandinsky é considerado o primeiro representante desse movimento.

Conceitos entendidos , vamos para a segunda parte que é o questionamento da maioria das pessoas que muitas vezes têm dificuldade em entender ou interpretar uma avalanche de linhas e cores e muitas vezes simplesmente borrões misturados numa única tela. O ser humano precisa se reconhecer nas imagens que codificam o mundo a nossa volta. A partir do momento que não existem tais referências , somos obrigados a criar , a abstrair de uma realidade não tangível algo que de alguma maneira nos possibilite um sentido. A arte abstrata desconstrói a realidade , e nos dá a possibilidade de criar uma nossa através dos sentimentos que o artista através de seus gestos colocou naquela tela. A arte não é simplesmente um processo de criação de objetos que são agradáveis aos olhos. Arte é sobre explorar. Grandes obras de arte são os marcos desta exploração – elas não são significativas porque eles são bonitas, elas são significativas porque em algum momento  elas introduziram algo de novo no mundo. É difícil não tratar uma obra abstrata como um  enigma ou um quebra-cabeça.

Mas a verdade é que a arte abstrata está aberta à interpretação, e essa é uma das coisas mais bonitas sobre ela. A arte abstrata da a liberdade de explorar a obra de arte e atribuir o seu próprio significado à peça.

Entender arte abstrata não é tão difícil quanto parece: tudo o que requer de verdade é uma mente aberta e uma grande imaginação. Em vez de tentar descobrir como é a pintura, permita-se ser levado pela pintura. Veja quais emoções, sensações ou memórias emergem. Deixe seus olhos relaxarem e percorrerem a peça sem expectativa. Examine as cores, formas, materiais, superfície e como eles interagem entre si. Não tenha pressa. Deixe a pintura “falar” com você.  Não pense em uma imagem, sinta.  Quando você muda a forma de pensamento, você está livre para abrir sua mente para as muitas perguntas que poderia fazer que podem te ajudar a localizar um ponto de partida para navegar pelo mundo artístico diante de você. Grande parte da arte de Kandinsky, um dos primeiros artistas abstratos, foi uma tentativa de capturar e representar como ele experimentou o mundo. Ele disse que podia “ver” o som e “ouvir” a cor. Vivia com a sinestesia desde a infância. Ele alegou que misturar cores em sua paleta criava um som sibilante, em que cada cor fazia um barulho diferente. Da próxima vez que estiver em frente a uma tela abstrata tenha em mente um frase célebre de Picasso” Pinto as coisas como as imagino e não como as vejo” imaginem juntos e  aproveitem! (A imagem anexa é uma obra minha de 1992 )

Até a próxima,