AutorOsvaldo Novais

Home/Artigos Publicados por Osvaldo Novais

A tradição dos presépios

O presépio é uma tradição portuguesa na comemoração do Natal, diretamente ligada à forte presença católica no país. Trazida para o Brasil, hoje essa referência compete com a decoração da árvore de Natal, cuja origem é anglo-saxã.

Valorizando as raízes natalinas portuguesas, hoje abre a exposição “Presépios de Portugal – O Imaginário Tradicional” em Sardoal, vila no município de Santarém. A coleção apresenta peças de diferentes regiões do país, mostrando a diversidade de representações da alegoria da natividade.

A inauguração da mostra decorre no dia 16 de dezembro, iniciando-se com uma visita às capelas da vila alentejana com ponto de encontro nos Paços do Concelho, pelas 15 horas.

“Presépios de Portugal – O Imaginário Tradicional” pode ser visitada no horário do Centro Cultural Gil Vicente, de terça a sexta-feira, das 16h às 18 horas, e ao sábado, das 15h às 18 horas. De 16 de dezembro a 27 de janeiro de 2018.

Leia Mais

Vânia Bastos lança videoclipe

Vânia Bastos lança videoclipe “Concerto para Pixinguinha”, pela VEVO Brasil, e inaugura seu canal oficial no Youtube. A canção do clipe é “Lamentos”, música composta por Pixinguinha que, anos depois, ganhou letra de Vinicius de Moraes, e faz parte do álbum “Concerto para Pixinguinha”, lançado em 2016.

“Lamentos” chega ao vídeo com a direção do premiado cineasta Pedro Jorge – autor de “Diamante, O Bailarina”, filme que percorreu uma série de festivais nacionais e internacionais.

O álbum foi o vencedor do Prêmio Profissionais da Música 2017. Na estrada desde 2013, Vânia se apresentou em mais de 60 lugares no Brasil.

Leia Mais

Homenagem à Ana Botafogo

O Espaço Arte, Cultura e Psicologia, de Liliane Santiago e Manoel Thomaz Carneiro, localizado no Vogue Square na Barra da Tijuca homenageou a nossa eterna bailarina Ana Botafogo por seus 40 anos de carreira. Na mesma ocasião, a atriz e produtora Heloisa Raso inaugurou a exposição “Bambu”, com oficinas gratuitas de Ikebanas Sanguetsu.

O evento teve como destaque a apresentação do Coral Allegro, que encantou a todos com um repertório composto de músicas clássicas e tradicionais da MPB.

Leia Mais

André Piva comemora 20 anos de arquitetura

Em noite de festa na casa da estilista Lenny Niemeyer, André Piva celebrou esta semana 20 anos do seu escritório com o lançamento do livro André Piva Arquitetura, escrito em parceria com a sua sócia Vanessa Borges. Belas fotos e textos sobre 25 projetos apresentam as tendências e a evolução da arquitetura e da decoração nos últimos anos. 

Os trabalhos selecionados por Piva revelam o seu estilo único de aproveitar ao máximo a luz nos ambientes.
Mais de 400 convidados marcaram presença para prestigiar o arquiteto.
Leia Mais

Alceu Valença em Portugal

Nosso querido Alceu Valença é um dos grandes nomes na 7ª edição do Baião in Lisboa Festival, que celebra o dia Dia Internacional de um dos nossos maiores patrimônios culturais: o Forró. O

cantor se apresenta hoje com o Luso Baião, banda formada em Lisboa no ano de 2013, no Estúdio Time Out. De acordo com a produção do evento, o concerto celebra a pluralidade do ritmo do

forró com a sua mistura rica de culturas.

O festival ocorre até o 13 de dezembro em diferentes locais da capital portuguesa e será composto por bailes, festas e cerca de 50 oficinas (dança, instrumentos, artesanato e técnicas de relaxamento), o evento terá público estimado de duas mil pessoas provenientes de 24 países, de acordo com informações do site ‘Notícias ao Minuto’.

Ainda com informações do portal, Enrique Matos , idealizador do evento estima que a maior parte do público seja estrangeira “de países como Alemanha, Inglaterra, França”, afirma. Os bilhetes chegam a custar 120 euros (aproximadamente R$ 460).

Equipe Villarino

Fotos: Divulgação

 

Leia Mais

A nova Lisboa: Entre história e modernidade

Um aspecto que representa o grande charme da capital Portuguesa é a harmonia entre a arte de rua e prédios históricos. Elementos que, muitas vezes, parecem contraditórios são

combinados e resultam na construção de uma verdadeira galeria à céu aberto. Um dos nomes dessa geração de artistas é Alexandre Farto, conhecido popularmente como Vhils.

O artista é um dos nomes portugueses mais reconhecidos internacionalmente e tem obras em diferentes cidades pelo mundo, como , Porto e Aveiro, além de capitais como Londres,

Moscou, Bogotá, e cidades como Medellín, Cali (na Colômbia), Nova York, Los Angeles, Grottaglie na Itália. Além destes locais, o artista também exibiu suas criações pelo Brasil, no

Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

A técnica utilizada para a criação das obras utiliza explosivos, grafite, restos de cartazes e até retratos feitos com metal enferrujado.

 

Equipe Villarino

 

Fotos: Divulgação

Leia Mais

Festival de Luzes em Lisboa

No último dia 1, a cidade de Lisboa fez a inauguração oficial da decoração de natal para este ano. Estima-se que o investimento total gire em torno de 650 mil euros, divididos entre decorações como o clássico pinheiro de natal com cerca de 30 metros, enfeitado com mais de 86 mil lâmpadas e outras luzes que dão forma à cidade durante a noite.

Atentos à sustentabilidade, os portugueses utilizaram mais de dois milhões de lâmpadas de baixo consumo com tecnologia LED, permitindo uma poupança energética na ordem dos 80% face à tecnologia de incandescência.

Além da decoração, quem estiver em Lisboa entre 14 e 23 de dezembro, poderá assistir ao Videomapping, que consiste na utilização de projetores nos principais monumentos da Alameda Afonso Henriques. O espetáculo era realizado tradicionalmente na Praça do Comercio, mas o local foi alterado, de acordo com o comunicado da Câmara Municipal da Cidade.

Leia Mais

Sempre há tempo para comer

Um erro que muita gente comete ao alimentar-se: comer muito rápido. Você já parou pra pensar em quanto tempo levam as suas refeições? Pois então sugiro que comece a prestar atenção nisso.

Como já dito anteriormente, a mastigação é muito importante nessa hora, e esta é a primeira razão pela qual comer rápido se torna prejudicial. Se você está comendo muito rápido, já começa prejudicando esta fase da digestão, já começa tendo prejuízo.

Existem alguns alimentos que são mais aproveitados pelo organismo caso ingeridos com calma, como as proteínas, elas são processadas mais facilmente quando foram ingeridas devagar. A proteína mal digerida pode se acumular no intestino e causar gases bem desagradáveis. Quem tem o hábito de se alimentar muito rápido está condicionado a este perigo, de formar gases, portanto observe se isso anda acontecendo após as suas refeições.

Considera-se que uma refeição dure em média 20 minutos, nada menos do que isso. Portanto, se as suas refeições são um pouco mais rápidas, sugiro que tenha mais calma. Observe, policie, investigue se está mastigando bem.

Esse número tem uma explicação bem básica, acredita-se que este é o tempo que o cérebro leva para entender que o corpo foi alimentado e então entender que está satisfeito, a famosa sensação de saciedade, ela leva em torno de 20 minutos para ser alcançada. Portanto se a sua refeição é mais rápida do que isso, corre o sério risco de estar ingerindo mais alimentos do que precisaria, em busca dessa sensação.

Se você come rápido demais, consegue ingerir uma grande quantidade de alimento num curto espaço de tempo, provavelmente o que come em cinco ou dez minutos, seria suficiente para promover a saciedade. Só que a sensação de que é preciso parar não chega pois o cérebro precisa de mais tempo pra entender isso. E é assim que se acaba ingerindo mais alimentos do que o necessário.

Seria muito mais fácil e saudável se simplesmente começar a comer com mais calma, e fazer a mesma quantidade de comida que se ingere nos 5 ou 10 minutos, durar 20 minutos, com calma, alcançando a sensação de saciedade.

Durante a refeição, esteja consciente, pare, respire, contemple, agradeça, crie um ambiente propício para a sua alimentação, para repor as energias que o seu corpo precisa.

Aproveite o alimento e todas as sensações que uma refeição pode trazer, pois a calma e a tranquilidade nessa hora podem ser decisivas no processo de perda de peso e melhoria dos hábitos alimentares.

Henrique Brust

Leia Mais

Mulheres de Chico – Amor não é doença, é cura

O Teatro Rival na Cinelândia abriu as portas, sábado dia 02 de dezembro para receber o
mais animado, conceituado, charmoso e competente Bloco. “As Mulheres de Chico”
com 20 integrantes é o primeiro bloco feminino e abraça como tema o compositor
Chico Buarque.
Mulheres de Chico, nesta noite, lançou o argumento de seu Desfile do Carnaval 2018. O
Paratodos, composição de Chico Buarque. “Esse será o carnaval da Inclusão e da
Diversidade”. Com esse tema o Bloco que desfila na Praia do Leme (RJ) mostra o
preconceito sobre gênero, as diversidades religiosas, as agressões transexuais. A música
Geni é uma de suas referenciais.
Elas contam que são livres para suas escolhas e decisões. As mulheres de um modo
geral lutam por suas desigualdades, vitórias, espaço e liberdade de expressão. O infinito
é o respeito às diferenças individuais.
Quem ainda não assistiu o Bloco Mulheres de Chico, vá! E quem já assistiu, vá
novamente.
Elas se apresentarão no Rio de Janeiro dia 05 de janeiro de 2018 no Teatro Baden
Powell.

Estrella Assayag

João Ventura – música popular e erudita reunidas

Na última sexta-feira, 2, o Portal do Villarino esteve no Espaço Espelho D’Agua, em Belém, Portugal, para acompanhar o show de João Ventura.  O pianista apresentou um repertório repleto de sucessos da MPB, mas com uma particularidade: a junção com grandes peças da música clássica. Essa foi uma oportunidade única de ver nomes como Toquinho, Reginaldo Rossi, Tom Jobim e Chico Buarque sendo combinados com grandes compositores como Mozart e Bethoven.

A apresentação faz parte do projeto ‘Contraponto’, que se propõe  a unir o popular e o erudito. No decorrer de 2018, o projeto se unirá a turnê de 50 de carreira do nosso querido cantor e compositor Toquinho, que trará sua turnê para Portugal, França e Espanha. O repertório tem composições como “Apesar de você”, “Tarde em Itapuã”, “O pato”, “A casa”, “O caderno”, “Amor em paz”, “Sou eu” e “Deixa eu dizer”. O espetáculo já passou por diversas cidades brasileiras, como Belo Horizonte, São Paulo, Recife, Goiânia e Rio de Janeiro. Durante as apresentações, os músicos também contam histórias que viveram ao longo das carreiras.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro Tivoli BBVA e as apresentações previstas para a segunda quinzena de abril.

Equipe Villarino

Foto: Divulgação

Leia Mais