Categoria : Turismo

Home/Arquivo por Categoria" Turismo"

Machu Picchu

A cidade Perdida dos Incas, Machu Picchu, é uma cidade pré-colombiana localizada a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, no Peru. O local é, provavelmente, o símbolo mais típico do Império Inca, quer devido à sua original localização e características geológicas, quer devido à sua descoberta tardia em 1911. Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído. Alçado à Patrimônio mundial da UNESCO, é um dos pontos históricos mais visitados do Peru.

Leia Mais

Castelo dos Mouros

Localizado em Sintra – Portugal, o Castelo dos Mouros é um castelo em ruínas, construído durante o séc.IX pelos Mouros norte africanos para proteger a cidade, mas foi abandonado depois da conquista cristã em Portugal.

O castelo mantém suas ruínas antigas, cercadas por uma floresta densa que oferecem uma vista panorâmica da região.

O Castelo dos Mouros está aberto entre as 9:30-20:00 (época verão) 10:00-18:00 (época inverno) e a sua última hora de admissão é uma hora antes do seu fecho. O castelo está aberto 7 dias por semana e isto incluí Segundas-Feiras, quando muitos monumentos estão fechados em Lisboa.

A entrada custa cerca de 8.00€/€6,50 (adulto / criança) e uma típica visita dura entre 1 a 1hora e meia. O castelo fica a 3.5km a sul de Sintra mas o caminho inclui subidas íngremes pela Serra de Sintra. O meio de transporte mais recomendável para viajar é o autocarro turístico 434, que liga a estação de comboios, o centro da cidade, o Castelo dos Mouros e o Palácio da Pena. A entrada no Palácio da Pena é a menos de 200m da entrada do Castelo dos Mouros.

Um pouco de História:

(Com informações do site Sintra- PT)

 As origens do castelo datam do séc.VIII e da invasão a Portugal pelos Mouros Muçulmanos do Norte de África. O Castelo dos Mouros foi construído pois fornecia um ponto vantajoso sobre o Rio Tejo e oferecia proteção para a cidade de Sintra. Crónicas árabes caraterizaram a região de Sintra como muito rica em campos de cultivo e o Castelo dos Mouros foi um dos castelos mais importantes nesta região, ainda mais que o castelo de Lisboa.

 

Uma cruzada Cristã inicial, liderada pelo Rei Afonso VI de Castela, conseguiu capturar o castelo em 1093 mas o pequeno exército foi expulso no anos seguinte. O castelo prosperou entre a primeira e a segunda cruzada Cristã, tendo as muralhas do Castelo dos Mouros sido melhoradas, mas tal não chegou para deter a segunda cruzada bem mais forte em 1147. Este exército de cruzados era composta por alguns bêbados e ladrões, que depois de libertar Lisboa dos Mouros, saquearam a capital. Os primeiros Reis portugueses fortaleceram o Castelo dos Mouros e as suas defesas, mas a corte real favoreceu Lisboa.

 

A importância do Castelo dos Mouros, em Sintra, reduziu ao longo dos séculos até que no séc.XV os seus únicos habitantes eram colonos Judeus. Quando os Judeus foram expulsos de Portugal a meio do séc.XV o castelo ficou completamente abandonado. Em 1636 um relâmpago causou um fogo massivo que destruiu a torre central, enquanto que em 1755 um devastador tremor de terra desmoronou as paredes e muralhas.

O castelo era tão insignificante naquela era que nem foram considerados planos para o reconstruir depois do tremor. O Castelo dos Mouros estava destinado a ser esquecido até que o Rei Fernando II decidiu transformar toda a região de Sintra. Fernando II foi um rei obcecado por arte, drama e boa vida – era um apaixonado pela Idade Média e ordenou a reconstrução do castelo.

Leia Mais

Madrid, a capital poderosa da Europa

Por Paula Glaciane
Madrid a capital da Espanha com uma população de mais de 3 milhões de habitantes certamente é o coração do país. Intelectual, política de extenso império, fortemente caracterizada pelo catolicismo, Madrid é foco de artes, tendências e identidade regional. Com um passado rico e controverso faz da cidade a CAPITAL CULTURAL de um dos idiomas mais falados do planeta.  Atualmente luta para manter-se unida e cada vez mais próspera, hoje a cidade dispõe de 70 milhões de euros que serão distribuídos entre todos os distritos de Madrid e 30 milhões serão destinados a projetos em toda a cidade até 6 de janeiro de 2019. O país recebeu nos primeiros dez meses do ano mais de 73 milhões de turistas, sendo que turistas estrangeiros deixaram mais de 79 milhões de euros, um aumento de 2,7% em comparação ao ano passado.
As melhores e mais prestigiadas cidades de Madri, Toledo, Ávila e Segóvia representam a perfeição do legado histórico, a beleza natural, a cultura e a diversidade da Espanha. Sendo Madrid a cidade mais poderosa da Espanha, lógico como cada capital. Com um papel importante na história e na cultura da Espanha, Madrid, em grande medida, a cidade compensa-se por vibrantes lojas e restaurantes, formada por monumentos como o magnífico Palácio Real da Catedral da Almudena e museus que valorizam a vida artística de Espanha, como o Museu do Prado e o Centro Nacional de Arte Reina Sofia, que guarda as obras de Goya, Velázquez, El Greco, Picasso, Miró, Dali e outros.
A gastronomia é rica com o que há de melhor na cozinha ibérica, o “Cocido Madrileño”, a “Sopa de Ajo”, a “Tortilla de Patata”, as “Mollejas à Madrileña”, o “Rabo de Toro Cozido”, o “Huevos Rotos”, o “Calamares Encebollados” e os “Bezerros de Vitela à Madri” destacam-se como pratos típicos. Come-se bem, bebe-se ainda melhor. O vinho aqui é tratado com respeito, com adegas bem abastecidas de rótulos nacionais como os Cava, Rioja e Jerez. Os dos vizinhos italianos, portugueses e franceses, muitas vezes também estão com preços bem acessíveis.
Tomar café da manhã com “chocolate y churros” em Madrid remonta quase ao começo do Século XIX, a popularidade do churro cresceu por ser altamente popular devido ao seu baixo custo e definitivamente é a maior paixão nacional.
Exposições, shows e grandes espetáculos são também atrações da diversificada vida cultural de Madrid. Para quem sonha em participar de uma tourada na Espanha, a praça de touros de Las Ventas é considerada a praça de touros mais importante do mundo, a meca das touradas, o lugar onde todas as figuras querem ter sucesso. A temporada de touradas começa em março e termina em meados de outubro. Durante esses meses, um total de mais de 70 celebrações são realizadas todos os domingos, exceto as duas grandes feiras anuais.
Eventos esportivos, como os jogos dos times Atlético de Madri e Real Madrid são imperdíveis.  O Santiago Bernabéu abre as portas e fazer um tour pelo Museu do Estádio é tradicional já que este é o terceiro museu mais visitado de Madrid.

Fontes: El Pais, Wikipedia Español e www.madrid.es

 

Leia Mais

Colonia del Sacramento

O verão se aproxima e nem só de praias no Nordeste vivem as nossas férias. O Uruguai tem seu público fiel brasileiro visitando sua costa, desde lugares famosos, como Punta Del Este ou Punta del Diablo a uma série de outras enseadas menores e muito apreciadas.

Mas entre as joias do litoral uruguaio, já no Rio da Prata, tem a antiga cidade fundada por portugueses em 1680: Colonia del Sacramento. Disputada por mais de um século pelo controle deste território, foi só em 1778 que os espanhóis se fizeram definitivos na área.

Essa mistura de arquitetura portuguesa e hispânica dá um estilo muito próprio a Colonia. Pode se admirar o forte, o farol e também as casas cobertas de bouganvilles exuberantes. Os cafés oferecem desde peixe à massas, e escolher vinhos não será um problema, com a uva Tannat sendo uma boa opção para os vinhos uruguaios. E o Malbec, caso se prefira um vinho argentino.

Falando nos vizinhos, a cidade é o porto mais próximo para quem tem interesse em visitar Buenos Aires. De barco, basta uma hora para cruzar o rio e já se chega em Puerto Madero, área nobre da capital argentina. De ônibus, se chega em Montevidéu, a capital uruguaia, em 2 horas e meia.

Há quem goste de comparar a Paraty, no estado do Rio de Janeiro, e outros a São Francisco do Sul, em Santa Catarina. Colonia parece ter um astral ainda diferente de suas cidades afins. Vale a pena conhecer este roteiro.

Leia Mais

Luxo e requinte em Paraty

Belíssima Pousada de Luxo renomada em Paraty! Pode facilmente ser utilizada para uma residência familiar!  Propriedade com 06 amplos e confortáveis bangalôs, sendo 04 bangalôs de 25m² e 02 bangalôs de 35m². Todos os bangalôs com TV, ar condicionado, closet e fino acabamento. Possui também recepção com escritório, lounge aberto com varanda para café da manhã.

Conta ainda com jacuzzi, sauna, bela piscina com iluminação noturna, estacionamento privado, sistema de iluminação noturna, imenso jardim com paisagismo e CFTV. A propriedade possui ainda uma Casa Principal de 130m² com 02 suítes, sala, cozinha, escritório e lavanderia. Área total de 1.440m² e área edificada de 500m².

Pousada com várias premiações e sempre entre as primeiras no setor de hospedagem de luxo em Paraty. Há 10 anos no mercado e com bela carteira de clientes especiais, especialmente formada de estrangeiros.

Leia Mais

Panda Vermelho

Dia 15 de setembro foi o Dia Internacional do Panda Vermelho. O Jardim Zoológico de Lisboa aproveitou a data para apresentar o seu filhote da espécie, nascido em junho deste ano.

Assim como outros pandas, o tipo vermelho também se alimenta de bambu. Originário da Ásia, é considerada pela UICN como uma espécie em perigo e merece cuidados. O desafio maior é o habitat deste animal que vem sendo degradado e fragmentado, dificultando o seu pleno desenvolvimento e reprodução.

Para saber mais, confira o site do Jardim Zoológico de Lisboa.

Leia Mais

BBQ Brazilian Barbecue Festival

Em Paredes, neste mês de setembro, vai rolar o BBQ Brazilian Barbecue Festival. Costela no fogo de chão, leitão na cruz e borrego na cruz. Estas são algumas das especialidades que vai poder provar no Parque da Cidade, em Paredes, a partir de 15 de setembro.

O festival é organizado pelo Fornalha, a steakhouse e pizzaria de Matosinhos, e terá a participação do chef Fábio de Pádua, responsável por organizar vários eventos de churrasco a céu aberto no Brasil. O festival é de entrada livre, só paga o que consumir.

Leia Mais

Próxima parada: litoral português

Localizada a 30 Km de Lisboa, Cascais é uma vila considerada a Riviera Portuguesa, com lindas paisagens e praias de águas claras.

Com cerca de 210 mil habitantes, a vila pertence a Grande Lisboa e muitas pessoas preferem morar em Cascais e trabalhar em Lisboa. Além disso, muitos famosos têm casas na região, assim como investidores estrangeiros e aposentados (veja como viver em Portugal depois de aposentar).

A qualidade de vida que Cascais proporciona também é surpreendente, com pistas de caminhada e muitos espaços ao ar livre, a vila tem clima ameno durante todo o ano.

Outro fator que atrai moradores é aliar a qualidade de vida com a distância da capital e do aeroporto. Além disso, Cascais tem 260 dias do ano sem chuva, perfeito para idosos aposentados que buscam atividades de lazer e mais tempo de exposição ao sol.

Leia Mais

95 anos do Copacabana Palace

2018 é ano de festa: o sofisticado hotel Copacabana Palace comemora 95 anos. Para comemorar, eles lançaram uma campanha para quem quiser compartilhar momentos incríveis vividos no Copa usando #Copa95Anos.O melhor momento vai ganhar uma surpresa, a ser divulgada no final de agosto.Mas tem um detalhe importante: o seu perfil do Instagram deve ser público, ok?

Foto: repost de @belmondcopacabanapalace

Arranjo de flores: @lonarteeventos com flores da @florarte_flores

 

Leia Mais