Notícias

Home/Cultura/Festivais, festas e festinhas de verão…

Festivais, festas e festinhas de verão…

Por João Libério

Fui, neste fim-de-semana, aos últimos dias do Rock in Rio Lisboa e vim de lá a ponderar sobre este tema. Porque nesta altura, pelo menos aqui em Portugal, é preciso estar preparado para o que ainda aí vem… Os festivais de verão estão aí! E, com eles, muitos amigos, uma poeirada que se eleva ao ritmo das actuações, alguma desidratação que se compensa com imperiais (aí chamam-se de chopinhos), etc. Os motivos são mais que muitos: NOS Alive, Sumol Summer Fest, Super Bock Super Rock, EDP Cool Jazz, MEO Sudoeste, Sol da Caparica, Vodafone Paredes de Coura, só para nomear alguns.

Não há como negar! A época dos festivais de música já começou! A partir de agora, não vai haver um fim-de-semana sem um ou mais festivais a acontecerem por este nosso país à beira mar plantado. E surge logo uma dúvida: qual o “look” mais adequado para se usar? Não é escolha fácil, pois qualquer mulher quer estar gira e “trendy”, mas ao mesmo confortável, pois o calor aperta. E que maquilhagem usar? Com tanta poeira e terra? Pois, ainda que o neguem, o público feminino também quer dar um pouco nas vistas, sempre com alguma pitada de charme e sedução. Afinal, não se pode ir do mesmo modo que se vai aos eventos de verão, comumente denominados de “sunset”! Que também abundam nesta altura… Especialmente a sul. Sim, pelo Algarve, também está oficialmente aberta a “saison” das festas mais descontraídas e badaladas do ano, mas que, ainda assim, há que aparecer elegante, ao mesmo tempo em que se está a mostrar o bronzeado.

Por outro lado, há ainda as muitas outras festas populares para visitar, como é tradição no nosso verão e que se multiplicam por quase todos os concelhos, como é o caso de Agitágueda – Art Festival, o lindíssimo evento que se prolonga ao longo do mês de Julho e que cobre os céus da vila de Águeda de chapéus-de-chuva coloridos. Na mesma linha, em Campo Maior, existem as Festas do Povo, onde as ruas desta vila alentejana costumam ficar cobertas de inúmeras flores. Cerca de 30 mil flores são o testemunho de uma arte secular que é considerada “património cultural único no mundo”. Mas ainda não se sabe quando. Tantos lugares para onde ir, tamanhos dilemas…

Porém, se não vos apetecer ir a nada disto, se não quiserem “matar a cabeça” a pensar no que irão vestir, ou pensar na maquilhagem ideal que não se derreta com o tempo quente, o melhor é pegar na família e nos amigos, nas vossas havaianas e cestas de palha e, na maior descontração, seguirem para uma praia descansar e divertirem-se a valer!

Diamantino Martins e João Libério. Evento: Rock in Rio 2018, Dia 3 – Social, Parque da Bela Vista, Lisboa, 29.06.2018