Notícias

Home/Entretenimento/Hogmanay & Auld Lang Syne

Hogmanay & Auld Lang Syne

Apesar da fama de Paris e Londres, a maior festa de Ano Novo na Europa é na Escócia. As festas se espalham por todo país, mas Edimburgo tem uma festa na rua que já a inscreveu no The Guinness Book of Records em 1996/97 como a maior do mundo, com 400.000 pessoas participando. (Apesar do recorde registrado, cabe ressaltar que Copacabana, há décadas, é muito maior.)

A tradição escocesa tem nome de origem celta: Hogmanay. Não se sabe ao certo se era uma comemoração do solstício de inverno, mas tanto celtas como vikings celebravam por essa época. Após intervalos na história, fala-se em reinvenção da tradição. Hoje, Edimburgo sozinha atrai turistas do mundo todo para os 3 dias de festa de Hogmanay, que antecedem a noite do dia 31. São dias de comemorações com concertos, marchas com tochas, shows ao ar livre e muitos fogos de artifício à meia-noite.

À meia-noite, é tradição abraçar aos próximos e cantar Auld Lang Syne, cuja letra é do poeta escocês Robert Burns. A música, muito tocada em filmes norte-americanos em cenas de Ano Novo, é um brinde à amizade, no maior espírito fiel escocês de confraternização.

Para encerrar as atividades festivas e iniciar o ano, ainda tem o Loony Duck. Aqueles que quiserem se recuperar da ressaca podem se aventurar em um mergulho nas águas geladas do rio local, onde se reúnem aproximadamente 1.000 corajosos, dispostos a encarar o frio mesmo quando a temperatura ambiente pode ser de zero grau ou menos. Haja whisky puro malte!

Ao som de Auld Lang Syne, um feliz 2018 para todos! Que os laços de amizades prevaleçam sempre!

Equipe Villarino

Foto: WikiCommons/Divulgação