Notícias

Home/Social/LGBT e o voto

LGBT e o voto

A parada LGBT em São Paulo lotou a Avenida Paulista como todo ano. Mas este ano a chamada para o voto foi uma tônica importante. Em um país com tanta violência diária por causa de gênero, é preciso lembrar em quem você vota nas eleições.

Segundo o dossiê “A carne mais barata do mercado”, lançado no início deste ano, uma pessoa trans é assassinada a cada 48 horas. Nos seis primeiros meses de 2018, o país já contabiliza 71 assassinatos.

 

Fotos: Repost do Instagram de Anitta, Pablo Vittar, Preta Gil, Tchaka Drag Queen, Fernanda Lima e Cristiano_0901.