Notícias

Home/Notícias/Não é Não! Campanha denuncia assédio contra mulheres, no carnaval

Não é Não! Campanha denuncia assédio contra mulheres, no carnaval

Marina Person e Leandra Leal usam tatuagens contra assédio no Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, em São Paulo.

Carnaval é período de festa e celebração. Entretanto, em meio às festividades, há quem perca a noção do limite entre flerte e violência. Este fato foi explicitado em recente matéria publicada pelo portal Catraca Livre, que apresentava números alarmantes relacionados a casos de assédio e violência contra mulher, durante o carnaval.

De acordo com o site, no último carnaval, em 2016,  as denúncias de violência contra a mulher no Carnaval cresceram 174% em comparação ao mesmo período do ano anterior. As informações foram divulgadas pelo Ligue 180, a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência.

Entre os dias 1º e 9 de fevereiro de 2016 – do pré-Carnaval ao Carnaval – foram 3.174 relatos de agressão. Em 2015, foram feitas 1.158 denúncias entre os dias 10 e 18.

Do número total de denúncias de violência no ano passado, 59,89% corresponderam a violência física; 33,27%, a violência psicológica; 8,79%, a cárcere privado; 8,38%, a violência moral; 3,9%, a violência sexual; 2,67%, violência patrimonial e 0,09% a tráfico de pessoas.