Notícias

Home/Social/Teatro Casa Grande festeja 52 anos com lançamento de selo comemorativo dos Correios

Teatro Casa Grande festeja 52 anos com lançamento de selo comemorativo dos Correios

Fotos: Cristina Granato

Teatro Casa Grande festeja 52 anos com lançamento de selo comemorativo dos Correios e inauguração de escultura na fachada. Ambos com desenho de Ziraldo O Teatro Casa Grande, em sequência aos festejos pelos seus 52 anos, completados em agosto, fez o lançamento de um selo comemorativo dos Correios, no dia 13 de dezembro, em noite para convidados.  “O desenho que estampa o selo personalizado foi presente do Ziraldo, amigo da casa e um dos seus mais assíduos frequentadores,”diz Leo Haus, integrante da segunda geração do grupo que fundou o teatro, inaugurado em 1966, exatamente no mesmo lugar, na movimentada Rua Afrânio de Melo Franco, no coração do Leblon.

O desenho, que traz a figura de um caramujo e simboliza, na visão de Ziraldo, “uma casa viva, acolhedora e resistente” também foi reproduzido na forma de uma escultura, integrada à fachada do teatro.

“Território livre da Democracia”

Para quem não viveu, ou ainda não conhece a história do teatro, que há 10 anos assina como Oi Casa Grande, vale dizer que, além de espetáculos memoráveis, como Brasileiro: Profissão Esperança (anos 1970) e Mistério de Irma Vap (anos 1980), foi palco  de debates relevantes para a vida nacional, que incluíram, desde os atos pela anistia, pelas Diretas-Já e pelo fim da censura, até questões atuais, como segurança pública. “O Casa Grande é um espaço aberto a todas as manifestações. Não à toa é considerado o território livre da Demo cracia”, assinala Leo Haus.

O Teatro marcou a vida de muitas gerações e continua a atrair os mais jovens, na plateia e no palco, revelando talentos como Lázaro Ramos, Wagner Moura, Vladimir Brichta e Gustavo Falcão, que se apresentaram no teatro, ainda em início de carreira, com o espetáculo “A Máquina”.

Mais recentemente, o youtuber Whindersson Nunes levou seu espetáculo ao Casa Grande; e em parceria com a Casa do Saber, o teatro abriu as portas para o debate Brasil em Pauta, com Elena Landau, o ministro do STF Luís Roberto Barroso e o diretor regional da  Open Society Foundations, Pedro Abramovay.

00